Eliel Rosa - o menor pastor do mundo

Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante ele.

1 Coríntios 1:27-29

A vida do saudoso Pastor Eliel Rosa foi, sem dúvida alguma, uma história de superação e milagres da parte de Deus. Aliás, o nome Eliel significa "meu Deus é Deus" ou "Deus é o Altíssimo", o que se cumpriu literalmente na vida do pequeno Eliel.

Rosa nasceu em um lar evangélico, no dia 21 de setembro de 1951, na cidade mineira de Juiz de Fora. Seus pais, Avelino e Terezinha serviam a Deus e procuravam criar os seus filhos nos ensinamentos cristãos. Porém, logo que Eliel nasceu, os médicos constataram a falta de muitos ossos em seu corpo. A criança também não possuía coluna, sendo meramente uma bola de carne humana. Seus ossos eram frágeis e os poucos que tinha, quando tossia se quebravam.

Segundo seu biógrafo, o Pastor Israel Gonçalves, aos dezesseis anos de idade, Eliel e seu saudoso avô, o Pastor Antônio Rosa oravam em uma madrugada fria, quando o poder de Deus se manifestou no quarto onde ele buscavam um milagre da parte do Altíssimo. Deus então ungiu Eliel Rosa e deu a ele uma voz e uma inteligência fora do comum.

Eliel Rosa, antes e depois da poderosa unção de Deus naquela madrugada, desenvolveu sua educação formal e ministério com desenvoltura. Nos estudos ele cursou o antigo ginásio (estágio educacional que atualmente compreende o ensino fundamental 2 - 6º ao 9º ano) e formou-se no cursos técnicos de relojoeiro, joalheiro e atuou como alfaiate.  Para o Pastor Israel Gonçalves ele sempre comentava: "meus ternos eu faço, minhas roupas eu faço, meus relógios eu concerto". Na área musical, Rosa estudou 10 anos num conservatório e aprendeu a tocar vários instrumentos.

Tudo isso, o qualificou para o intenso ministério desenvolvido por ele. Em pouco tempo Eliel ficou conhecido em todo o Brasil e esteve em vários países do mundo. Acompanhou o Missionário Celso Lopes dos Santos em diversas campanhas evangelísticas e gravou dezenas de discos com mensagens de salvação e edificação espiritual aos crentes.

Eliel e Lurdes no LP "Rosa Vermelha"

Com seus 80 centímetros de altura e 18 quilos, Eliel entrou para Guinness World Records como o menor pastor do mundo. As crianças ficavam encantadas com a presença de um pregador e cantor menor que elas. Os irmãos admirava-se do desempenho alegre e festivo de alguém, que teria todos os motivos do mundo para viver isolado e triste. 

Exemplo disso, foi quando o cantor esteve em 1973, na AD em Paulínia, no interior do estado de São Paulo. Segundo o colaborador da revista A SEARA, Altair de Souza, "O que impressionou o público ouvinte foi ele [Eliel] dizer que nunca se sentiu triste, mesmo seu corpo [ser] da forma que é, mas tudo isso porque Cristo está em sua vida".

Eliel Rosa contra todas as expectativas sociais e preconceitos formou sua família. Casou-se com a missionária Lurdes Rosa por mais de vinte anos. Da união nasceram três filhos saudáveis e incentivadores do ministério do pai: Thays Regina, Daniel e Eliel Jr. Muitas vezes, Lurdes entrava no templo com o marido no colo. 

Tudo isso (pequena estatura, testemunho de vida e seu desempenho no púlpito cantando e pregando) fizeram de Eliel Rosa um verdadeiro ganhador de almas. Era difícil ficar indiferente a performance do improvável pastor. Certa feita, um irmão no Paraná deu a ele uns bois. Mas ele não tinha como criar, nem aonde colocar, então o mesmo irmão cuidou dos animais. Quando o gado estava no ponto de abate, Eliel vendeu o presente que recebera como provisão de Deus e pagou a gravação de um dos seus discos.

Infelizmente, numa viagem feita ao Amapá, em 2005, Rosa contraiu febre amarela. Doente e debilitado, seu pequeno corpo de 80 centímetros não suportou a moléstia. Hospitalizado por alguns dias, veio a óbito causando tristeza imensa entre os seus familiares e fãs de todo o Brasil. Foi um gigante em todos os sentidos!

Fontes:

A SEARA, Revista Evangélica Ilustrada - Rio de Janeiro: CPAD - nº 125 - março/abril de 1975, p.25.

A SEARA, Revista Evangélica Ilustrada - Rio de Janeiro: CPAD - nº 135 - junho de 1976, p.08.

Biografia feita pelo Pastor Israel Gonçalves

Página Rádio Músicas Inesquecíveis

Comentários

  1. Nós temos 206 ossos em um corpo adulto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela informação! Peguei essa informação do biógrafo e não foi minimamente checada. Corrigi já! Obrigado!

      Excluir
  2. Pequeno e grande homen

    ResponderExcluir
  3. cheguei a conhecer ele quando veio em DOURADOS MS não lembro o ano

    ResponderExcluir
  4. Eu cheguei vê ele em uma igreja em Belford a glória de Deus decia!!!

    ResponderExcluir
  5. Glória a Deus cheguei a ouvir uma das suas pregações em Marabá ,PA

    ResponderExcluir
  6. Eu João Batista tive o prazer de conhecer este grande homem de Deus junto em saudosa memórias milionário Celso Lopes Ademir Batista só aeternidade revelará

    ResponderExcluir
  7. Ele fez uma cruzada aqui em Salvador ele orou por minha filha que tinha uma hernia umbilical e Deus a curou Deus seja louvado.

    ResponderExcluir
  8. Tive o previlegio de ouvir este gigante de Deus.
    Quando ele esteve em Guarapari es e até hoje canto suas músicas que ficaram em minhas lembranças

    ResponderExcluir
  9. Ele e sua esposa se hospedaram em minha casa em visita a itamaraju isso pelos anos de 1980 e pouco

    ResponderExcluir
  10. Tive o privilégio de vê-lo várias vezes na Ss. de Deus em Rudge Ramos, São Bernardo do Campo.

    ResponderExcluir
  11. Que história linda desse servo de Deus Deus seja louvado

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O caso Jimmy Swaggart - 30 anos depois

Assembleia de Deus e a divisão em Pernambuco (continuação)

Flagrantes da cerimônia de diplomação dos novos bispos em Madureira