Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Qual o papel da mulher na igreja? - a pergunta que não quer calar

Imagem
O ministério feminino sempre foi um ponto polêmico dentro das Assembleias de Deus. Desde a primeira Convenção Geral realizada em 1930 em Natal (RN), com a presença de Frida Vingen, questiona-se sobre o papel da mulher na igreja.  A famosa resolução de 1930, não pacificou os conflitos entre os convencionais e a esposa do pioneiro Gunnar Vingren. O casal dois anos depois regressou à Suécia, mas o tema vez por outra emergia na instituição. Sinal de que a imposição às mulheres na primeira conferência sempre foi alvo de contestações internas.  Em 1966, o antigo pastor da AD em Pindamonhangaba (SP), João de Oliveira escreveu no Mensageiro da Paz , um artigo intitulado Qual o papel da mulher na igreja?  Nele, Oliveira desenvolveu argumentações que devem ter repercutido muito entre os assembleianos da sua época. O texto com certeza ainda hoje seria alvo de ardorosos elogios e contestações. Pastor João argumentou: Deus não faz acepção de pessoas, ou concede dons e ministérios usand

Madureira - o bairro sede do Ministério

Imagem
"Em termos de importância, Madureira está para o subúrbio assim como Copacabana está para a zona sul. Guardadas algumas diferenças, é nesses bairros que tudo acontece e de tudo se vê."  (Leda Costa - professora e pesquisadora dos subúrbios cariocas) "Censurado" e "incompreendido" na AD em São Cristóvão, Paulo Leivas Macalão no auge da sua juventude partiu a evangelizar os subúrbios da cidade do Rio de Janeiro, em 1926. Logo, toda a região de Realengo, Bangu, Campo Grande, Santa Cruz e Marechal Hermes seria alcançada com a mensagem pentecostal. Em 15 de novembro de 1929, Macalão iniciou oficialmente a AD no bairro de Madureira, na Zona Norte do Rio. O trabalho começou na residência de um crente e depois foi transferido para pequenos salões comerciais conforme a congregação se desenvolvia, até que veio a mudança para um prédio próprio. Em 1941, a igreja de Madureira obteve personalidade jurídica e passou a ser a sede do Ministério, anteriormente lo

Ensino Teológico nas ADs – conflito e superação

Imagem
No dia 21 de julho de 2017, defendeu a dissertação de mestrado intitulada Da objeção ao reconhecimento: conflito e superação na constituição da Educação Teológica formal nas Assembleias de Deus no Brasil   –  Faculdade EST/São Leopoldo (RS), o pastor Orlando Martins. Nela, o pesquisador revisita a história dos embates entre as lideranças nas questões da instrução teológica nas ADs. Para alguns, essa problemática pode estar superada, mas Orlando destaca que, mesmo com a abertura das ADs ao conhecimento teológico formal, ainda "dentro de seus arraias eclesiásticos" há resistências, "principalmente por aqueles que advogam mais a favor da importância da Experiência Religiosa do que a favor da Educação Teológica"   –  afirma o jovem pastor e teólogo. Para embasar suas considerações, Martins fez amplo levantamento documental e bibliográfico, os quais "comprovam o conflito que houve entre a missão sueca, contrária a fundação de institutos bíblicos  e a mis

Ministério de Madureira - a gênese em Bangu

Imagem
Madureira, um dos Ministérios mais conhecidos e polêmicos das Assembleias de Deus no Brasil, fundado pelo mítico pastor Paulo Leivas Macalão , curiosamente teve sua origem em outro bairro da periferia da cidade do Rio de Janeiro: Bangu. Segundo alguns pesquisadores, Macalão, "censurado e incompreendido" e sentindo-se sem espaço na nascente e promissora igreja carioca surgida no bairro de São Cristóvão, Zona Norte, em 1924, partiu para evangelizar as áreas afastadas do centro do Rio. A história mostrou que nessa missão, o jovem obreiro foi extremamente competente e exitoso. Antiga sede do Governo Imperial e próximo ao centro da cidade, São Cristóvão, na época em que a AD ali foi implantada no Rio, reunia a maior parte das industrias da cidade e concentrava quarteis e instalações militares. Tal era a importância estratégica da nova congregação, que Gunnar Vingren deixou o pastorado da igreja em Belém do Pará com objetivo de consolidar o trabalho pentecostal em terras c

CGADB e CONAMAD - unidos na perpetuação do poder

Imagem
Após meses de intensa batalha judicial, polêmicas e de uma conturbada eleição online, assumiu no dia 03 de julho, o novo presidente da CGADB, o pastor José Wellington B. da Costa Júnior. Duéto (como é conhecido popularmente Costa Júnior) é filho primogênito do atual e longevo pastor José Wellington Bezerra da Costa. A cerimônia de posse da Mesa Diretora, contou com a presença de mais de 10 mil pastores no futuro templo sede da AD Ministério do Belém (SP). Políticos como o Ministro da Fazenda Henrique Meirelles e líderes das ADs de todo o Brasil, testemunharam em clima de grande emoção, a transmissão de pai para filho do cargo de presidente. Prestigiou também o evento, a figura marcante do bispo Samuel de Cássio Ferreira, Presidente Executivo da Convenção Nacional da Assembleia de Deus - Ministério de Madureira (CONAMAD) e líder da AD no Brás em São Paulo. Samuel de Cássio Ferreira "Costa": apoio a Duéto A presença de Ferreira foi de grande simbolismo. Dipl