Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

Um espectro ronda o Brasil

Imagem
“ Um espectro ronda a Europa – o espectro do comunismo ". Essa famosa frase do Manifesto Comunista escrito em 1848 por Marx e Engels, bem que poderia ser reescrito assim: "Um espectro ronda o Brasil  - o espectro do comunismo". Antes, durante e depois das eleições presidenciais de 2014, principalmente nas redes sociais e em alguns blogs, a nação brasileira mais uma vez viu surgir esse velho fantasma. Conforme conhecido e apologista assembleiano, o país caminha para abraçar uma "ideologia gramscista, estalinista, hipermarxista, despótica, retrógrada, maquiavélica, antiamericanista, antissemita, anticristã e antidemocrática". Ou seja, rumamos para o caos socialista. Medo do comunismo ressuscitado a cada eleição Historicamente o discurso não é novo. No Brasil do século XX, essa falácia sempre foi um recurso das elites, quer o perigo da "invasão" comunista existisse ou não, para assegurar o status quo . Getúlio Vargas utilizou esse medo p

O crepúsculo de um ministério

Imagem
Pastor José Pimentel de Carvalho, foi uma forte liderança que se consolidou nas Assembleias de Deus no Brasil. Nascido em 1916 em Santa Tereza, na cidade de Valença (RJ) em 1916, Pimentel iniciou seu ministério ainda muito cedo, e no ano de 1945 em uma Escola Bíblica de Obreiros na AD em São Cristóvão (RJ) foi separado ao pastorado. Teve o privilégio de conviver com os missionários suecos, os quais lideraram a igreja no Rio de Janeiro. Pastoreou igrejas na cidade do Rio de Janeiro, e foi auxiliar do missionário Nels Nelson em São Cristóvão, tempo esse em que viu o processo de fragmentação dos ministérios assembleianos. Talvez por isso na gestão do pastor Alcebiades Vasconcelos foi contrário ao plano de emancipação das congregações maiores. Por pouco não se tornou o pastor-presidente da AD em São Cristóvão, mas uma reviravolta na assembleia geral da igreja impediu esse feito. Pastor José Pimentel de Carvalho Na biografia do pastor Vasconcelos, pode-se perceber que pastor Pi

Pastor Epaminondas e as "doutrinas ferozes"

Imagem
No início década de 1990, um pastor causou assombro no sul do país. Seus ensinamentos foram considerados esdrúxulos para a Assembleia de Deus, a qual passava por um período de transição com muitos questionamentos sobre os chamados "usos e costumes" de santidade. Na Assembleia de Deus em Guaratuba, litoral norte do Paraná, o pastor Epaminondas José das Neves, 72 anos, colocava em prática ensinamentos considerados absurdos para a época: a autoexclusão.  Entrevistado por Judson Canto, editor do jornal catarinense O ASSEMBLEIANO , o líder paranaense especificou sua prática ministerial, onde o membro da igreja não seria mais excluído pelo ministério, mas, ao contrário disso, ele mesmo tomaria tal atitude diante do reconhecimento do seu pecado. Para o veterano pastor, isso evitaria exposição e constrangimentos públicos para os que estavam em erro diante da igreja. O caso fica ainda mais curioso se considerarmos que o simpático ancião era o mais legítimo representante da &