quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Usos e Costumes - um pouco mais da história

Sobre a origem dos usos e costumes dentro das Assembleias de Deus as opiniões são divergentes. Alguns creditam sua gênese somente aos missionários pioneiros. Outros aos obreiros brasileiros, os quais refletiam nos ensinamentos seus conceitos de santidade apoiados na cultura da época.

Silas Daniel no História da CGADB, ao comentar sobre a polêmica resolução do presbitério da AD em São Cristóvão sobre o assunto, aponta Gunnar Vingern e Otto Nelson como "os missionários suecos mais rígidos em termos de vestimentas".

Membros da AD Florianópolis: "vestes santas"
Outros autores apontam os próprios pastores nativos, que perpetuaram certos costumes influenciados pela tradição católica. Altair Germano em seu blog cita Robson Calvalcanti, o qual em seu livro A Igreja, o país e o mundo: desafios a uma fé engajada comenta "sobre questões culturais, e de forma mais específica, sobre a maneira das mulheres 'Assembleianas' se vestirem":
Por que as mulheres da Assembleia de Deus no Brasil se vestem assim, quando em outros países do mundo, até mesmo da América Latina, não o fazem? É um costume da Assembleia de Deus no Brasil. Aí, você vai descobrir que essa denominação não começa no sul, mas no norte e no Nordeste, na zona rural. Converteram-se pessoas que vinham da Igreja Católica, da religião popular. E quem viveu no interior do Nordeste, nos anos de 40-60, percebe que a beata católica tinha como características não se pintar, usar cabelos longos presos e roupas longas. Tal costume, então, dessa denominação é, na verdade, uma absorção da cultura católica popular, que depois se tornou doutrina.
Para o pastor e teólogo Jesiel Padilha foram os líderes nativos e não os escandinavos os responsáveis por tamanha rigidez. Segundo o escritor as "exigências de comportamento das mulheres em relação a cabelo, roupas, sapatos foram intensificados por esses líderes". 

Não só isso, a "cartilha do que poderia ser usado, ou não, onde o crente poderia circular ou se poderia participar ou frequentar algum recinto seria o tema principal das plenárias convencionais".

Pastor Jesiel no seu livro biográfico Carlos Padilha: combati o bom combate traz algumas pérolas sobre as questões de usos e costumes nas ADs:
Na década de 1960 era inadmissível uma filha de um Pastor brasileiro, mesmo que tivesse dez anos cortar o cabelo. Se isso ocorresse a contraventora era disciplinada e impedida de participar dos conjuntos vocais e outras atividades. A franja era chamada de chifre do bode, inclusive na década de oitenta era comentado em cultos de doutrina corriqueiramente. (p.26)
A bateria era o bicho papão para muitos pastores. A resistência dos presidentes contra a bateria foi muito mais forte. Só na década de 90 é que foi liberada. Muitos pastores diziam que a bateria era o trono de Satanás e nela o camarada pintava e bordava balançando o corpo freneticamente e batendo em todas as direções. Diziam até que a pessoa estava endemoninhada. (p.91)
Ainda segundo o pastor Padilha na década de 1960 se presenciou "a onda do sectarismo religioso e do radicalismo, onde tudo era pecado - assistir televisão, cuspir, beber Coca-Cola, usar tênis e jeans e outras proibições esdrúxulas". Ironicamente, o autor chama esse período de "onda do talibã religioso" nas igrejas pentecostais.

Após tantas controvérsias sobre o tema, muitos membros das ADs ainda observam os usos e costumes deixados pelos pioneiros. Alguns praticam parcialmente, enquanto outros abandonaram completamente as antigas normas. A denominação com certeza em diversos lugares não superou o tema e nem abandonou seus antigos princípios. 

Fontes:

DANIEL, Silas. História da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil. Rio de Janeiro: CPAD, 2004.

PADILHA, Jesiel. Carlos Padilha: combati o bom combate. Duque de Caxias, RJ: CLER - Centro de Literatura Evangélica Renascer, 2015.

http://www.altairgermano.net/2009/04/usos-e-costumes-assembleianos.html

20 comentários:

  1. O mais complicado é quando se concebe que a observância de tais costumes distingue uma igreja de outra, dentro da própria Assembleia de Deus!

    ResponderExcluir
  2. as mulheres eram praticamente crucifidadas!nao podiam passar nada nos cabelos. ja ouvi dizer q nem mesmo um simples sabonte era pecado. o corpo ficava cheiroso, isto era espirito de sedução! kkkk antconcepcional? nem pensar! a intenção era de multiplicar o numero de membros!

    ResponderExcluir
  3. Na década de 90 quando era adolescente proibiram o uso dos cosméticos da natura. Diziam que era do diabo.

    ResponderExcluir
  4. as mulheres eram praticamente crucifidadas!nao podiam passar nada nos cabelos. ja ouvi dizer q nem mesmo um simples sabonte era pecado. o corpo ficava cheiroso, isto era espirito de sedução! kkkk antconcepcional? nem pensar! a intenção era de multiplicar o numero de membros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Adriana! Faço parte deste grupo há mais de meio século, nunca vi um membro sofrer por obedecer! Mesmo em exagero como diz...
      Também nunca vi ninguém usar: sabonte? Antconcepcional? Ninguém serem - Crucifidadas? kkk

      Excluir
    2. ja vir pastor diciplinando irma por andar de bicicleta
      e outros por assistir televisao

      Excluir
  5. Hoje tudo pode ?
    Ai eu ti pergunto... como vai a tua vida espiritual ?
    Vc pode ate si pinta .....Deus pode ate ti usa .....mais i no ceu tu entraras.. ????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela pode sim entrar no céu ...O esmalte, e a maquiagem moderada ... não condena ngm ao inferno o que condena são as a atitudes .SOU ASSEMBLEIANA desde que nasci ... e o que mais vejo na minha igreja é um monte de crente dizendo que usar adereços como colar , brinco e até calça jeans é pecado , enquanto os mesmos vivem uma vida sexual depravada , um casamento de faxada , O espirito de Deus se preocupa se vc não se arruma para praticar lascivia ....A ASSEMBLEIA DE DEUS SE PREOCUPAM TANTO COM ESSAS BABAQUICES que esquecem de orar uns pelos outros e cuidarem das próprias vidas !!!!

      Excluir
    2. Isso NÃO É BABAQUICE como você escreveu, minha Irmã ! Os nossos Pioneiros cometeram sim alguns exageros mas a intenção da grande maioria deles, com certeza, era em acertar, de se manter uma Igreja mais santa, mais pura. Mesmo com tudo isso, aqueles nossos abençoados Pioneiros das AD'S de Norte a Sul do Brasil não se postavam como "donos da Igreja", eram Servos de DEUS legítimos, fiéis a Ele, a família e a Igreja ! Muitos deles morreram pobres, esquecidos, mas conscientes de que combateram o bom combate, acabaram a carreira e guardaram a Fé !
      Heitor Folgierini, Samambaia - DF

      Excluir
    3. não julgues para não serde julgadas, se vc usa ou deixa de usar é pobrema seu, o pegado entrou na terra não foi porque avia um fruto pegamenoso e sim pg Deus disse não camais, se a sua igreja tem uma norma vc com um verdadeiro cristão deve obedecer o pegado é a desobediencia, as normas que lhe fora imposta, minquem é obregado a congregar em igreja que acha que suas normas e errada ou um ejageiro, ou sera que é vc o errado, vc já se viu no espelho.
      pr.cristiano AD

      Excluir
    4. CERTA VEZ UMA ¨PASTORA¨ DISSE QUE AS VESTIMENTAS NÃO TEM NADA HAVER E QUE ELA E CULTURAL PERGUNTEI , QUAL A CULTURA FORMADA EM NOSSO PAIS COM RELAÇÃO AS VESTES. A BIBLIA DIZ: NÃO AMEIS AO MUNDO E NEM O QUE NELE HA´... BEM DITO QUE OS APOIADORES DESTE NOVO FUNDAMENTO DE QUE ROUPAS NÃO SALVAM SÃO ADPTOS DAS MODAS EXISTENTES, CERTO É QUE TEM TV EM CASA E TODOS APETRECHOS MUNDANOS POIS NÃO TEM NADA HAVER.... CERTO É QUE TANBEM NEM ORA E NEM GOSTA DISSO PORQUE ACREDITA QUE TUDO PODE. E QUE DEUS QUER O CORAÇÃO.

      Excluir
  6. O mal das igrejas hoje. ..é que tudo pode.. ten nada ver ...ah nao vou andaar como veio......ah Deus so que o coração. ...uso i costume nao serve pra nada.......
    Rum......uso e costume ajudava muito a igreja cresce na área espiritual hoje pode ate cresce..mais eh no lado Marerial
    Que aproveito temos que a igreja cresça na parte material..sendo que a área espiritual morre cada dia mais nas igrejas... diz a profecia. ..QUE O AMOR DE MUITOS SE ESFRIARIA ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que proveito temos está numa igreja que se PREOCUPA APENA COM A APARENCIA ...na minha assembleia a dirigente de jovens diz que não quer ngm de calça , nem colar ou pulseiras lá ..mas a mesma trai o marido com um amigo de faculdade !! e ai o pecado ta no colar ou no coração????

      Excluir
    2. O PECADO TA NOS DOIS POIS A BÍBLIA DIZ QUE O ESPÍRITO A ALMA E O CORPO DEVE SER SANTOS E IRREPREENSÍVEL PARA DEUS

      Excluir
  7. Engraçado, eu concordo que tinha muitas coisas desnecessárias, mas vcs já observaram que não houve igreja até hoje para crescer como a Assembléia de Deus no começo? a ponto de ultrapassar a Batista, engraçado tb que essas igrejas mais liberais vivem raquíticas e um evangelho moderno e parado, os costumes das Assembléias de Deus eu li acima que veio de pessoas do Norte e Nordeste, de pessoas da zona rural e tal, mas o Daniel Berg não era da zona rural, na verdade nem brasileiro ele era, o mesmo que colocou essas regras, nada a ver com católicos e biatas e tal, acho que essa opinião foi de uma pessoa ignorante, desculpas, Esse tempo era o tempo do Respeito, era aquele tempo que os Cristãos eram mais respeitados, a terra se encheu de pessoas religiosas que pregam o seu próprio evangelho e por torpe ganância, eu não dou ouvidos a qualquer questionamento e opiniões, pois não houve e não haverá igreja para crescer mais do que a AD, onde deixou mais o primeiro amor mesmo assim não pára porque a obra é de Deus, e não igreja de fundo de quintal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha o respeito com os Batista tá! !!!!!! Quem é você para julgar a assembléia .ou a batista??

      Excluir
  8. Enquanto crentes querem viver de qualquer forma..... As outras religiões vivem diferente .....repensemos.....

    ResponderExcluir
  9. Em todos os comentários não vi nenhuma base bíblica para justificar ou condenar o uso e costumes na igreja. Para o homem ser salvo só precisa crer em Cristo.

    ResponderExcluir
  10. Caros irmaos, porque essa discussão desnecessária, Deus quer que sejamos fiéis a Ele é que frutifiquemos em graça, em amor, em comunhão, em prudência e em sabedoria. Se você tiver essas qualidades suas vestes serão coerentes e toda sua forma de viver estará condizente com a vontade de Deus.
    Os usos e costumes da Assembleia de Deus teve o seu lugar na história, bem como teve por base a própria sociedade da época, quando as mulheres de família se visitam com decência e mantinham seus cabelos longos e presos. A igreja só acrescentou ou proibiu o uso de joias e maquiagem.
    Não crítico a postura da AD pois contribuiu para definir uma identidade, lamento por alguns líderes que não souberam estabelecer parâmetros entre a doutrina de costumes e a graça emanada da salvação em Jesus.
    Fiquem em paz porque Jesus é o Príncipe da paz

    ResponderExcluir
  11. Hj em muitas ADS,tudo pode: venhas como estás e fique como quiser,agora vejam a diferenças nos cultos, o pulpito passou a ser palco,os pregadores; animadores de auditórios, uma mornidão total,batismo com Espírito Santo é a coisa mais dificil do mundo,e quando há ninguém ver mudança de vida;culto de doutrina e oração ninguém vai;agora qd tem campanha com revelações mentirosas a igreja enche!Você ver muito barulho sem a presença de Deus,como aconteceu qd a arca foi tomada,nos dias de Eli.O nosso Deus é Santo,então Ele só se faz presente a onde há santidade. ITs 5:23. HB. 12:14

    ResponderExcluir