Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

AD em São Paulo: Revolução e crescimento nos anos 30

Imagem
Memórias das Assembleias de Deus compartilha uma foto rara do arquivo pessoal do irmão Sigisberto Machado. Reunidos em frente ao antigo templo, vários irmãos e obreiros da Assembleia de Deus da cidade de São Paulo possam para o registro fotográfico. Sentados a frente, o então pastor da igreja, o missionário sueco Samuel Hedlund e esposa Tora Hedlund, e o também missionário, músico, maestro e compositor Jahn Sörheim. O local? Provavelmente na rua Villela ou na Cruz Branca, antigos endereços da igreja.
O registro deve ter sido feito entre os anos de 1932 a 1935, período que Hedlund dirigiu o trabalho na capital paulista. Sörheim também cooperou nessa igreja, e hoje a banda de música da AD no Belenzinho leva seu nome em homenagem ao missionário.
Não deve ter sido fácil para o casal Hedlund ter dirigido a AD em São Paulo nesse período, pois na condição de estrangeiro presenciou um momento político conturbado na história do país. No dia 9 de julho de 1932, teve início a Revolução Constitucio…

CGADB de 1985: um pouco além da história oficial

Imagem
A história trás respeitabilidade e legitimidade a uma instituição, seja ela política, financeira, empresarial ou religiosa. Sendo assim, todo grupo institucional procura não só contar sua história, mas também controlá-la. E nesse processo, selecionam-se as informações, omitem-se outras, e na construção da narrativa histórica procura-se dar um tom edificante e moralista para os fatos que serão escritos e perpetuados no imaginário coletivo. 
Com as Assembleias de Deus no Brasil não é diferente. Com as proximidades do centenário, e de outras datas significativas, sua liderança através da CPAD, procurou contar (ou recontar em alguns casos) a história da igreja e de seus líderes. Porém, como também é de praxe em toda instituição, passa ao largo de vários pontos polêmicos, e deixa vácuos enormes no entendimento da história. Somente nas entrelinhas que se percebe que algo não foi bem.


Um claro exemplo disso acontece no livro História da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, quando…

Memórias das Assembleias de Deus na Revista CIADESCP

Imagem
O blog Memórias das Assembleias de Deus teve umas das suas postagens publicadas na Revista da CIADESCP - Informativo oficial das Igreja Evangélicas Assembleia de Deus de SC e SO do PR. O texto publicado no espaço memória, fala sobre um dos pioneiros da AD em SC, pastor Manoel Germano de Miranda. Agradeço ao pastor e amigo, e jornalista responsável pela publicação Adael Santos pela gentileza e confiança depositadas no autor do blog e da página no facebook do mesmo nome, onde compartilho os textos aqui nesse espaço publicados, e fotos antigas gentilmente cedidas por amados colaboradores de diversas partes do Brasil.

Impressões sobre as Assembleias de Deus nos EUA

Imagem
Na postagem anterior, observou-se as reflexões do pastor Alcebíades Pereira de Vasconcelos sobre a obra pentecostal nos EUA. Mas outras observações interessantes ele ainda registrou em outros artigos, que chegaram ao total de 5. Todos os textos foram publicados no principal veículo de comunicação das ADs, o Mensageiro da Paz.

Em resumo, o pastor Vasconcelos destaca o forte êxito educacional das ADs nos EUA, tendo inclusive as igrejas adquirido um prédio em Springfield e ali construído uma universidade pentecostal, onde foi inclusive, convidado a falar sobre o Brasil. Deve-se lembrar, que enquanto isso em terras tupiniquins, discutia-se a abertura de institutos bíblicos.
Outra observação: a admiração de que boa parte das receitas das igrejas eram investidas em missões. Os EUA nesse momento viviam uma época "dourada" em sua economia, e isso se traduzia em bons dividendos para as missões. Vasconcelos amava a obra missionária, pois ele mesmo foi missionário na Bolívia, e portanto,…

Alcebíades P. Vasconcelos – memórias de uma viagem aos EUA

Imagem
Alcebíades Pereira Vasconcelos (1914-1988) foi um dos maiores líderes das Assembleias de Deus no Brasil. Pastor, ensinador, escritor e jornalista, Alcebíades com seu autodidatismo foi içado ao posto de culto conhecedor da Bíblia e das línguas originais do Livros Sagrado, além de dominar com fluência o inglês e espanhol. Apesar disso era um homem extremamente simples. 

Mesmo tendo presidido importantes igrejas com as ADs de Belém do Pará, São Cristóvão/RJ e Manuas/AM, ainda conservava o espírito humilde de servo. Pastor Gedeão G. Menezes assim rememora o pastor Vasconcelos: "lembro bem de seu terno 'surrado' cor cinza e do 'conga' que usava para combinar com o terno..."
Dentre as muitas experiências do veterano, está uma viagem aos EUA por ocasião do Jubileu de Ouro das ADs norte-americanas em 1964. O que presenciou, pastor Alcebíades registrou em 5 textos para o Mensageiro da Paz intitulados Impressões da Assembleia de Deus na outra América. Nos artigos, o líde…